Início
site da ILC contra o AO

Leia, assine e divulgue!

Já pode ler, guardar, imprimir e partilhar o texto completo da Iniciativa Legislativa de Cidadãos para revogação da entrada em vigor do Acordo Ortográfico.

São necessárias 35.000 assinaturas (em papel). Para subscrever a ILC, basta imprimir o formulário, preenchê-lo e enviá-lo por correio normal para o endereço nele indicado. Também são admissíveis os impressos de subscrição digitalizados enviados por email, sob certas condições.

Todas as informações sobre esta iniciativa no site principal http://ilcao.cedilha.net.

BlinkListblogmarksdel.icio.usdiggFarkfeedmelinksFurlLinkaGoGoNewsVineNetvouzRedditYahooMyWebFacebook

Tudo sobre o Acordo Ortográfico.

Aqui poderá encontrar, além do AO propriamente dito e da célebre "Nota Explicativa" que não explica coisíssima nenhuma, as notas sumárias de A. E.*, os pareceres (negativos, porque não há positivos) de diversas e insuspeitas proveniências, gravações de debates e vídeos sobre o assunto, os textos de Vasco Graça Moura publicados no DN (reproduzidos no blog), documentação histórica, acesso remissivo e actualizado à informação publicada em blogs e nos "media", materiais de estudo e análise, enfim, tudo aquilo que possa contribuir para derrotar, impedir, eliminar por todos os meios este crime de lesa-património, este insulto à inteligência dos Portugueses.

Alguns conteúdos deste sítio estão em construção, podendo ocorrer uma ou outra indisponibilidade transitória.


Todos contra o Acordo Ortográfico.

O Desacordo Ortográfico é um sítio Web destinado exclusivamente a todos aqueles que estão contra este "Acordo Ortográfico". Os Membros poderão ser convidados ou solicitar a sua inscrição e, se bem que quase todos os conteúdos estejam abertos a consulta dos visitantes, apenas os Membros do sítio poderão participar no Fórum, comentar artigos ou enviar ficheiros.

O Fórum destina-se a servir de local de encontro da imensa maioria de portugueses que, mesmo ou principalmente sem saberem exactamente daquilo que se trata, não compreendem para que serve - ou, pior ainda, compreendem a quem serve - o dito "Acordo Ortográfico".


Tudo sobre e todos contra… porquê?

Por estas, por exemplo:
«Muitas pessoas fazem uma ideia completamente errada do que é o Acordo Ortográfico. Algumas são cultas mas estão mal informadas – indesculpavelmente mal informadas. Com a maior das leviandades dizem disparates inconcebíveis sobre o acordo, que outros repetem como desmiolados papagaios. Impõe-se por isso ver o que é e o que não é o Acordo Ortográfico.» (http://orto.no.sapo.pt/c00.htm)

Os "acordistas" passaram absolutamente das marcas, de todas as marcas, a começar pela mais básica urbanidade e a terminar pela mais elementar educação ou pelo mais remoto senso cívico. Gente que tais coisas diz já não merece a mais ínfima das considerações. Não responderemos na mesma moeda troglodita e grosseira, mas diremos, publicaremos e faremos tudo o que for humanamente possível para que essa mesma gente não consiga levar a sua avante.

E por outras, também por exemplo:
«Pensemos um pouco. Alguém em seu perfeito juízo acredita que pessoas como o Prof. Lyndley Cintra, um dos eminentes linguistas envolvidos no acordo, iam propor uma coisa tão idiota? Alguém com dois dedos de testa acredita que os deputados iam aceitar uma tão incrível cretinice? Só se estivessem todos irremediavelmente doidos …» (http://orto.no.sapo.pt/c00.htm)

Exacto. Para variar, nisto até estamos em consonância com quem apoia o "acordo". E também estamos de acordo com o facto de, realmente, ter sido necessário pensar apenas um pouco (muito pouco, por sinal), para concluir aquilo mesmo que ali se diz: os deputados aceitaram uma cretinice tão incrível, mas tão, tão incrível, que até podemos duvidar que a tenham lido ou que, na pior das hipóteses, sequer saibam ler. Já quanto à tese de determinados "eminentes linguistas" não passarem de perfeitos idiotas, bem, sobre isso achamos preferível que os factos falem por si e que o ónus da prova e o odioso da questão caiam aos pés de quem lançou a dúvida.

Defendemos a Língua Portuguesa. Eis a nossa luta, em toda a sua simplicidade. E por isso, como dizia Pessoa, defendemos a Pátria. Eis a nossa causa, em todo o seu esplendor.

Autoria do "videoclip": Peter Byron.
Autoria das imagens ("badges"): Paulo Adriano, do blog "O meu Moleskine"


To Do list:
1. Limites físicos. Condições: espaço total (300 Mb) e outras limitações. Limite Wikis: 20 páginas.
2. Página de entrada/boas vindas/apresentação.
3. Texto do AO (PDF upload).
4. Wiki: entradas Wikipedia (com referências).
5. Contador de visitas.
6. AdSense.
7. Imagem no cabeçalho.
8. Google Analytics.
9. "Loja": selos, T-shirts, livros.
10. Links.
11. Tradução automática.
12. Widget c/ feeds (news, apd, blog do manifesto).
13. Conteúdos blog (filtrar).
14. Documentação; pareceres.
15. O Brasil e o AO: quem está contra do lado de lá.
16. História das reformas ortográficas.
17. MorDebe.
18. Vídeos em YouTube.
19. Vídeo Prós&Contras 10 de Abril 2008.
20. Traduzir convite(s).

* A pedido do próprio, e para que não conste por extenso, o nome deste autor foi reduzido a iniciais.


Comentários

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License